“Sombras Cubistas” revela arquitetura de Olhão aos mais novos

O Museu Municipal de Olhão – Edifício do Compromisso Marítimo, acolhe semanalmente a actividade “Sombras Cubistas”, dedicada aos alunos do 4.º ano do Ensino Básico do concelho e que visa, de uma forma lúdica, mas pedagógica, dar a conhecer aos mais pequenos a arquitectura típica de Olhão.

Na semana passada, foi a vez da turma D do 4º ano da Escola de Moncarapacho ter um dia diferente, e a oportunidade de ficar a saber a razão pela qual a arquitectura típica de Olhão é denominada “cubista”.

A uma breve explicação por parte da técnica do Museu Sandra Romba, onde os alunos ficam a par de conceitos como platibanda, açoteia ou mirante, os alunos transformam-se em arquitectos de palmo e meio e, através da técnica das sombras chinesas, “constroem” uma típica paisagem urbana olhanense, ao mesmo tempo que descobrem pormenores da arquitectura cubista.

Enquanto esta actividade decorre, outro grupo dedica-se a “projectar” um recanto da cidade, numa ardósia facultada para o efeito.

No final, as crianças ficam a conhecer melhor a paisagem de Olhão e saem do Museu um pouco mais sensibilizadas para a protecção daquela que é uma marca e um ex-libris da cidade: a arquitectura cubista.

A actividade “Sombras Cubistas” decore todas as quartas feiras, no Museu Municipal de Olhão – Edifício do Compromisso Marítimo, bastando às escolas interessadas em participar efectuar uma inscrição prévia.

Comentários
PUB

Veja também

Semana da Criança e do Ambiente regressa ao Jardim Pesc. Olhanense

O Jardim Pescador Olhanense recebe entre Terça-feira, 30 de Maio de 2017, e Sexta-feira, 2 …

PUB