PUB

Olhão solidário com Moçambique – editado

O Município de Olhão vai colaborar no apoio a Moçambique, através de uma campanha de apoio às vítimas do ciclone Idai, com a recolha de donativos em géneros mais prioritários para as populações afetadas na província da Beira.

A autarquia apela à solidariedade de todos no sentido de ajudar o país irmão nesta fase difícil.

De acordo com as autoridades moçambicanas, os donativos mais prioritários são os seguintes:

  • Produtos alimentares (enlatados com período de validade prolongado);
  • Produtos de higiene pessoal;
  • Roupas.

O ponto de recolha dos donativos é o Quartel dos Bombeiros Municipais de Olhão, e os mesmos estão a ser recolhidos até 31 de Março de 2019.

A passagem do ciclone Idai pelo centro de Moçambique, e as cheias que se seguiram, deixaram um rasto de destruição e já provocaram, desde Quinta-feira, dia 14, mais de 200 mortos.

O ciclone foi já considerado a pior catástrofe natural no hemisfério Sul. Com ventos a rondar os 200 quilómetros, destruiu casas e arrancou árvores. Deixou também para trás áreas gigantescas completamente inundadas em Moçambique, Zimbabué e Malawi.


Editado Quarta-feira, 27-03-2019 17:01

Assembleia Municipal manifesta pesar com Moçambique e apela a donativos

A Assembleia Municipal de Olhão reunida ontem, 26 de Março de 2019, em sessão extraordinária, deliberou por unanimidade manifestar, em nome da população de Olhão, a sua solidariedade para com o povo moçambicano e apela ao apoio possível por parte dos munícipes olhanenses.

Todos os deputados, representantes dos vários partidos políticos, votaram por unanimidade apresentar ao povo de Moçambique, “e em especial à sofredora população da cidade da Beira, um voto de pesar pelas perdas humanas e pelos enormes prejuízos materiais” causados pela intempérie que devastou recentemente aquela cidade moçambicana.

A Assembleia Municipal de Olhão manifestou ainda ao povo moçambicano e à população da cidade da Beira, “neste momento de infortúnio e de dor, a fraternal solidariedade dos munícipes de Olhão”.

Na sessão da Assembleia Municipal de Olhão realizada ontem fez-se ainda um apelo a todos os munícipes e residentes olhanenses, bem como à população do Algarve e do País, para que contribuam, “na medida das suas possibilidades”, com todo o tipo de géneros, nomeadamente produtos alimentares (enlatados com período de validade prolongado), produtos de higiene pessoal e vestuário, entre outros.

Dando o exemplo, os deputados municipais, num gesto individual, decidiram ofertar à campanha de solidariedade o quantitativo correspondente à senha de presença dessa reunião.

Recorde-se que em Olhão, tal como o Município já havia anunciado, os contributos estão a ser recolhidos, até 31 de Março de 2019, no quartel dos Bombeiros Municipais de Olhão.

Comentários
PUB

Veja também

Município de Olhão abre recrutamento para bombeiros sapadores

Município de Olhão abriu concurso para recrutamento de bombeiros sapadores, encontrando-se aberto, pelo prazo de …

PUB