Guia 8700 Olhão

Olhão é uma cidade portuguesa pequena, situada no Algarve, que é famosa por seus pratos de peixe. A cidade tem casas brancas tradicionais e vielas estreitas, dando-lhe um ar típico da região.

A história de Olhão remonta a tempos pré-históricos, quando era habitada por homens neolíticos, mas a primeira referência escrita datada de 1378, referindo-se à vila como “Olham“. Acredita-se que o nome vem de uma palavra árabe “Al-Hain“, que sofreu modificações fonéticas e fonológicas para se tornar “Alham” e finalmente “Olham“.

No início do século XVII, Olhão começou a se desenvolver como cidade quando os pescadores decidiram estabelecer-se na área graças à abundância de água e à protecção da Fortaleza de São Lourenço. A cidade também teve um papel importante durante a rebelião do Algarve contra as invasões francesas em 1808, quando uma rebelião popular expulsou as tropas francesas da vila.

Actualmente, Olhão tem cerca de 38.000 habitantes e é um importante porto de pesca e destino turístico. Há várias opções de hospedagem na cidade, incluindo hotéis e casas para alugar, no Centro da Cidade, no Bairro dos Pescadores, na Ilha de Armona e na Ilha de Culatra.

As praias de Olhão são também atracções turísticas, como a Praia da Ilha da Armona, ideal para levar crianças, a Praia da Ilha da Culatra, com ampla linha de areia e águas claras, e a Praia da Fuseta, na Ilha da Armona, acessível por barco. Cada praia tem suas próprias características únicas e oferece uma experiência diferente aos visitantes.

Onde ficar em Olhão?

Centro da Cidade – No centro da cidade, você encontrará vários alojamentos, incluindo hotéis e casas para alugar. Dê um passeio pelas ruas decoradas com calçadas portuguesas e desfrute da brisa marítima que sopra dos portos para o coração da cidade.

Bairro dos Pescadores – O pitoresco Bairro dos Pescadores merece ser visitado por suas casas cúbicas (por isso, Olhão é conhecido como a cidade cubista), com fachadas de telha e telhados planos. Neste bairro, é comum encontrar casas ou quartos para alugar.

Ilha de Armona – Uma opção diferente para pernoitar em Olhão é ficar na Ilha de Armona. Esta bela ilha fica a cerca de vinte minutos de barco do porto de Olhão e oferece várias casas para alugar, sendo uma das preferidas dos visitantes portugueses durante os meses de Verão.

Ilha de Culatra – Outra opção excelente é ficar na Ilha de Culatra. Nesta ilha cercada por águas transparentes, você poderá desfrutar de um silêncio absoluto e tranquilidade. Aloje-se em uma das muitas casas disponíveis na ilha e permita que o som das ondas lhe acalme durante a noite.”

Como são as praias em Olhão?

Praia da Ilha da Armona – A Praia da Ilha da Armona é uma das mais procuradas pelos moradores da região devido às suas águas claras e areia branca e fina. É ideal para levar crianças por conta das águas rasas, ideais para brincadeiras e nadadeiras.

Praia da Ilha da Culatra – A Praia da Ilha da Culatra é uma paisagem de sonho, com areia dourada e mar transparente. Com uma ampla linha de areia, é possível jogar vôlei, futebol, rúgbi, raquetes, entre outros, sem perturbar os demais visitantes. É uma das melhores praias para passar um dia divertido com amigos.

Praia da Fuseta – Esta praia fica na Ilha da Armona e é acessível através do uso de um barco partindo do continente. Em dias de maré baixa, também é possível atravessar a pé a distância entre a praia e o continente. Inicialmente era uma praia de pescadores, mas com o tempo tornou-se uma das praias mais visitadas da região de Olhão.

Em Olhão, há opções variadas de praias para satisfazer a todos os gostos. Além das praias mencionadas acima, há também outras praias com Bandeiras Azuis e Douradas, que são símbolos de praias de alta qualidade. É importante destacar que a melhor época para visitar essas praias é durante o Verão, quando as temperaturas são agradáveis e há mais horas de sol.

Algumas sugestões para visitar em Olhão?

Mercado Municipal de Olhão – O Mercado Municipal de Olhão começou a ser construído em 1912, utilizando uma técnica que consistia em apoiar cada um dos edifícios em estacas de madeira e os edifícios estariam ligados uns aos outros através de arcos de tijolo, é por isso que o mercado tem uma cor laranja. O Mercado Municipal de Olhão consiste em dois espaços rectangulares, o Mercado das Verduras e o Mercado de Peixe. Todos os dias, centenas de pessoas visitam o mercado à procura do melhor peixe, frutas, legumes e outros tipos de alimentos.

Igreja Matriz de Nossa Senhora do Rosário – Hoje conhecida como Igreja Matriz de Olhão, esta igreja começou a ser construída no final do século XVII. O majestoso edifício com sua impecável fachada branca tem uma inscrição que recorda os sacrifícios cometidos pelos portugueses para erguer a igreja. Seu interior com um retábulo dourado e um tecto decorado com a imagem de Nossa Senhora do Rosário é motivo de admiração e é por isso que tantos turistas visitam o monumento todos os anos. Atrás da Igreja Matriz de Olhão fica uma capela chamada Capela do Senhor dos Aflitos, onde há um painel de belas telhas com a Crucificação de Cristo.

Monumento aos Heróis da Restauração – Em frente à Igreja Matriz, há uma pequena torre branca, projectada pelo arquitecto Carlos Ramos, que visa prestar homenagem às corajosas pessoas de Olhão que, em 1808, começaram o movimento de sublevação que levaria à expulsão dos franceses do território do Algarve.

Porto de Olhão – O porto de Olhão é um dos portos mais conhecidos do Algarve e do país. Este é um dos portos de pesca mais usados, e se você for ao cais de Olhão, pode observar as várias toneladas de peixe chegando ao continente todos os dias. O peixe é então vendido em supermercados espalhados por todo o país e até na Espanha. Deve-se notar que ao lado do porto de pesca está a marina de Olhão, com espaço para 350 veículos. Esta marina é mais focada no turismo, um investimento que tem sido recorrente nos últimos anos pela região.

Festival do Marisco – O Festival do Marisco de Olhão é um evento anual que reúne turistas e moradores da cidade para celebrar a culinária regional, especialmente o marisco. Durante o festival, é possível desfrutar de pratos típicos da região, como ameijoas à bulhão pato ou arroz de marisco, além de doces tradicionais, apresentações ao vivo e exposições de artesanato local. O festival acontece no Jardim Pescador Olhanense, próximo à Ria Formosa.

Parque Natural da Ria Formosa – A Ria Formosa é uma área natural protegida de cerca de 60.000 hectares, situada ao sul de Olhão, na costa algarvia. É composta por praias, ilhas, salinas, lagoas e charcos, e é uma das mais importantes zonas húmidas de Portugal. O Parque Natural da Ria Formosa é um refúgio para uma ampla variedade de vida selvagem, incluindo aves migratórias, flamingos e gaivotas. Além disso, é possível fazer passeios de barco pela Ria Formosa, para apreciar sua beleza natural e avistar a fauna local.

Centro de Interpretação Ambiental – Este centro, localizado em Olhão, é uma oportunidade para conhecer mais sobre a Ria Formosa e a biodiversidade da região. O centro apresenta exposições interactivas, filmes e actividades educativas, além de passeios guiados pela Ria Formosa. É uma óptima opção para aqueles interessados em aprender mais sobre a natureza e o meio ambiente.

Além disso, Olhão oferece uma ampla variedade de actividades ao ar livre, como caminhadas, ciclismo, mergulho e pesca, bem como vários bares, restaurantes e lojas que abrigam a cultura e a tradição local. O município é um lugar ideal para aqueles que procuram uma fuga da vida urbana e desejam explorar a beleza natural e a cultura da região algarvia.

O melhor momento para visitar Olhão?

Verão – O Verão é provavelmente o melhor momento do ano para visitar a cidade de Olhão. Durante os meses mais quentes, a cidade inteira vibra com a animação e há apresentações de música, teatro e dança durante as noites quentes de Julho e Agosto. No entanto, também é a temporada escolhida pelos turistas para visitar a localidade, o que causa uma inflação nos preços dos hotéis e restaurantes na área.

Inverno – O Inverno é sem dúvida o momento mais silencioso e durante o qual Olhão se encontra mais deserta pelos turistas. Se o que você procura é uma oportunidade de descobrir o encanto de uma pequena cidade pitoresca do Algarve longe das multidões de Verão, este é o momento ideal para visitar Olhão.

Outono / Primavera – Outono e Primavera também são bons momentos para visitar Olhão. Isso se deve à falta de chuva e à cidade não estar cheia de turistas. Deve-se acrescentar que, nos últimos anos, a região do Algarve tem feito um enorme esforço para continuar atraente para os turistas ao longo do ano, o que significa que ainda é possível encontrar algumas das atracções típicas do Verão abertas.

OLHÃO Algarve

A distância até Olhão desde… ?

Aeroporto de Faro – 15 km (aprox. 20 min carro)

Vilamoura – 35 km (aprox. 35 min carro)

Albufeira – 50 km (aprox. 45 min carro)

Portimão – 75 km (aprox. 1hr carro)

Tavira – 30 km (aprox. 30 min carro)

Sagres – 125 km (aprox. 1hr30 carro)

Lisboa -285 km (aprox. 2hr45 carro)

Espanha -50 km (aprox. 40 min carro)

Sevilha – 190 km (aprox. 2 hr carro)

Todas as distâncias são aproximadas.

Onde ficam as estações de comboios e de autocarros?

A estação de comboios de Olhão está localizado na seguinte endereço: R. do Caminho de Ferro 2, 8700-425 Olhão.

Além disso, a cidade também possui um terminal de autocarros localizada R. Gen. Humberto Delgado 8700, 8700-373 Olhão.

O comboio faz ligação entre Olhão com os outros municípios da região do Algarve. O mesmo acontece com os autocarros, que também garantem ligações de média e longa distância com Lisboa, Porto, Ayamonte, Huelva e Sevilha.

Há também um serviço de minibus fornecido pelo Município de Olhão, que atravessa o município de Olhão.

Quantos custa um táxi para o aeroporto de Faro?

O preço de um transfer privado ou Uber do aeroporto de Faro para Olhão costuma ser cerca de 15€ ida e volta (30€).

Se for um táxi da fila fora do aeroporto, ou se for um mini-bus, o preço tende a ser mais elevado, mas dependendo do número de pessoas, o preço pode acabar sendo mais barato por pessoa.

Por favor, note que se a viagem ocorrer à noite, o preço será mais elevado porque é cobrada uma tarifa nocturna especial.

Sempre pode escolher um táxi do aeroporto de Faro para a estação de comboios de Faro (o que custa cerca de 10€) e depois um comboio ou autocarro para Olhão (bilhete a partir de 1,45€ no caso de comboio).

PUB
PUB

Veja também

Visitas Ministeriais Impulsionam Mudanças Cruciais em Olhão

O concelho de Olhão vive momentos de transformação, e dois ministros estiveram recentemente na cidade …