FLO – Feira do Livro de Olhão – 2017

Feira do Livro de Olhão de 1 a 9 de Julho de 2017

Decorre de 1 a 9 de Julho, no Jardim Patrão Joaquim Lopes, a Feira do Livro de Olhão 2017 (FLO).

A FLO, com 12 pavilhões de livreiros, associações e editoras, apresenta 9 dias de programação intensa, com oficinas, encontros com escritores, debates, apresentações de livros, exposições, recitais de poesia, horas do conto, interlúdio vicentino e muitas outras atividades.

A abertura oficial da Feira está agendada para o dia 1, pelas 18 horas, com a presença do Presidente da Câmara de Olhão. Destaque, nesse dia, para a apresentação da geminação dos Festivais de Poesia de Olhão e Marraquexe, assinalada com a apresentação do livro de Fernando Cabrita e para as presenças de Sérgio Godinho e Pedro Jubilot.

No domingo haverá uma conversa sob o tema ‘Vale a pena escrever?’ com Gisela Sinfrónio e Fernando Grade e na rúbrica ‘À noite na FLO’ são convidadas Cristina Carvalho e Adília César.

No dia 3 de Julho, a conversa andará à volta do tema ‘Vale a pena editar?’ com Jaime de Almeida. Álvaro Laborinho Lúcio e Fernando Cabrita são os convidados de ‘À noite, na FLO’.

O Pavilhão Literatura reunida acolhe Adão Contreiras no dia 4 e a Feira recebe, pelas 22 horas, os Autores da FLO, José Eduardo Agualusa e Paulo Moreira.

Na Quarta-feira, as conversas de fim de tarde recebem Pedro Jubilot e Cláudia Sofia Sousa e, pelas 22 horas, haverá um Recital de Poesia Cantada com Eduardo Ramos, acompanhado de Tiago Rêgo.

O dia 6 de Julho ficará marcado pelas presenças de Luís Ene e de Fernando Guerreiro (microficção à desgarrada) e ainda pelo Recital «Quem quer ser português?», de Luís Ene.

As Conversas ao fim da tarde, no dia 7 de Julho, recebem Goreti Ferreira e Marco Mackaaij. Isabel Figueiredo e Luísa Monteiro são as convidadas de ‘À noite na FLO’.

O penúltimo dia da FLO, com música no mercado e a oficina ‘Brincar com papéis’, conta com a presença de Luís Alexandre e Manuel Neto dos Santos, bem como de Carlos Campaniço e Manuel Pinto Ribeiro.

A FLO encerra no domingo, dia 9 de Julho. A terminar, Conversas ao fim da tarde com Fernando Cabrita, Cláudio Guimarães dos Santos, Gabriela Rocha Martins e Fernando Pessanha, sobre o tema “Vale a pena divulgar a poesia?” e, às 22 horas, o Recital «A Poesia é uma Arma Carregada de Futuro» por Pedro Lamares.

A FLO vai ter 12 pavilhões com livros propostos pelos seguintes livreiros e associações/editoras: Contra Margem (livraria e editora), Sul, Sol e Sal (editora, livraria, galeria), Ateneu (alfarrabista), Literatura Reunida (associação/editora), Sagres (livraria), Livros de Bordo (editora), Centro Espírita Luz Eterna de Olhão/Federação Espírita Portuguesa (editora).

Mais informações na Página da FLO – Feira do Livro de Olhão – 2017 

Programa

1 de Julho, Sábado
12.00h – Abertura da FLO, com música nos Mercados e Entre Mercados
15h – Dança com Livros: Oficina de Movimento para Crianças – com Ana Martins – dos 3 aos 6 anos
16.30h – Dança com Livros: Oficina de Movimento para Crianças – com Ana Martins – dos 6 aos 10 anos
18h – Abertura oficial, com o senhor Presidente da Câmara de Olhão.
Apresentação da geminação dos Festivais de Poesia de Olhão e Marraquexe, assinalada com a apresentação do livro de Fernando Cabrita.
21.45h – Interlúdio vicentino (diariamente): «Branca Gil», por Alexandre Lopes.
22h – À noite, na FLO
Sérgio Godinho e Pedro Jubilot

2 de Julho, Domingo – das 18h às 24h.
18h – Abertura da Exposição de José Bandeira, «Nem Gregos, Nem Troianos», inspirada na Ilíada, de Homero.
19h – Conversas ao fim da tarde: Gisela Sinfrónio e Fernando Grade (“Vale a pena escrever?”) – stand Literatura Reunida
21.30h – Interlúdio vicentino diário: «Branca Gil», por Alexandre Lopes
22h – À noite, na FLO
Cristina Carvalho e Adília César

3 de Julho, Segunda-feira – das 19h às 24h.
19h – Conversas ao fim da tarde: Jaime de Almeida (“Vale a pena editar?”) – stand Literatura Reunida
21.45h – Interlúdio vicentino (diariamente): «Branca Gil», por Alexandre Lopes
22h – À Noite, na FLO
Álvaro Laborinho Lúcio e Fernando Cabrita

4 de Julho, Terça-feira – das 19h às 24h.
19h – Conversas ao fim da tarde – Adão Contreiras – no pavilhão Literatura Reunida.
21.45h – Interlúdio vicentino (diariamente): «Branca Gil», por Alexandre Lopes
22h – Autores da FLO
José Eduardo Agualusa e Paulo Moreira

5 de Julho, Quarta-feira – das 19h às 24h
19h – Conversas ao fim da tarde: Pedro Jubilot e Cláudia Sofia Sousa – pavilhão Literatura Reunida
21.30h – Interlúdio vicentino: «Branca Gil», por Alexandre Lopes
22h – Espetáculo: Recital de Poesia Cantada – com Eduardo Ramos, acompanhado de Tiago Rêgo.

6 de Julho, Quinta-feira – das 19h às 24h
19h – Conversas ao fim da tarde: Luís Ene (de Nogueira) e Fernando Guerreiro (microficção à desgarrada) – no pavilhão o pavilhão da Literatura Reunida, associação literária e cultural.
21.30h – Interlúdio vicentino: «Branca Gil», por Alexandre Lopes.
22h – Palestra recital: «Quem quer ser português?», de Luís Ene.

7 de Julho, Sexta-feira – das 19h às 24h
19h – Conversas ao fim da tarde: Goreti Ferreira e Marco Mackaaij – no pavilhão Literatura Reunida
21.30h – Interlúdio vicentino diário: «Branca Gil», por Alexandre Lopes
22h – À Noite, na FLO
Isabela Figueiredo e Luisa Monteiro

8 de Julho, Sábado, a FLO está aberta das 12h às 24h.
12h – Música no mercado
15h – Brincar com papéis (crianças de todas as idades) – com Isa Catarina Mateus
16.30h – Conta-me um conto – com Dina Adão
17.30h – Brincar com mais papéis (crianças de todas as idades) – com Isa Catarina Mateus
19h – Conversas ao fim da tarde: Luís Alexandre e Manuel Neto dos Santos – no pavilhão Literatura Reunida
21.30h – Interlúdio vicentino: «Branca Gil», por Alexandre Lopes
22h – À Noite, na FLO
Carlos Campaniço e Manuel Pinto Ribeiro/ “Manuel-Lourenço Forte”

9 de Julho, Domingo, Encerramento.
19h – Conversas ao fim da tarde: Fernando Cabrita, Cláudio Guimarães dos Santos, Gabriela Rocha Martins e Fernando Pessanha (“Vale a pena divulgar a poesia?”) – no pavilhão Literatura Reunida
21.30h – Interlúdio vicentino: «Branca Gil», por Alexandre Lopes
22h – À Noite, na FLO
Encerramento: Recital «A Poesia é uma Arma Carregada de Futuro» – por Pedro Lamares.

 

Comentários

Veja também

Projecto de reabilitação da Frente Ribeirinha altera face da cidade

“Um projecto que vai orgulhar todos os olhanenses e mudar a face da cidade”. É ...