Caíque “Bom Sucesso” alvo de reparação profunda

O Caíque Bom Sucesso, com mais de 15 anos de existência ao serviço da cultura olhanense, está actualmente em doca seca para reparação e manutenção de todo o casco e velame. As melhorias, que ascendem a 35 mil euros, comprovam a aposta do Município de Olhão na recuperação do seu património histórico.

No início da primavera, o Caíque deverá estar de volta ao seu cais de amarração, junto aos Mercados de Olhão, já totalmente renovado.

O Caíque Bom Sucesso é uma réplica do barco que foi ao Brasil dar, em primeira mão, a boa nova ao Príncipe Regente da revolta dos olhanenses contra as invasões francesas.

O caíque foi um dos barcos mais utilizados pelos olhanenses na pesca do alto desde que, no século XVIII, Olhão se tornou um dos mais importantes portos do Algarve e do País. Utilizado também para transporte de mercadorias, caracterizava-se por ser resistente, veloz e de fácil manobra.

O caíque de pesca Bom Sucesso faz parte de um passado glorioso que muito honra Olhão. Quando, após a primeira invasão napoleónica, a corte portuguesa se refugiou no Brasil, foi em Olhão que eclodiu, em Junho de 1808, a insurreição contra os intrusos.

Com a intenção de perpetuar a história de Olhão, bem como a memória das gentes marítimas, a Câmara Municipal de Olhão mandou construir esta réplica do Caíque Bom Sucesso, a qual se destina a promover acções culturais e lúdicas através de visitas e de passeios, à vela ou a motor, em águas da Ria Formosa e ao longo da costa oceânica.

Comentários
PUB

Veja também

Olhão recria insurreição contra as tropas napoleónicas

Este ano, o programa das comemorações do Dia de Olhão traz consigo uma novidade: a …

PUB